Os perigos de realizar estratégias de emagrecimento utilizando jejum intermitente ou dietas da moda



Os perigos de realizar estratégias de emagrecimento utilizando jejum intermitente ou dietas da moda como a cetogênica, low carb ou restritivas.

Na ausência de nutrientes, a longo prazo, o organismo sofre alterações importantes, como queda ou enfraquecimento do cabelo, constipação intestinal, osteoporose, anemia, desidratação, atividade mental comprometida, dificuldade de concentração, ansiedade e irritação.


Quando ficamos longos períodos sem a ingestão correta de alimentos, nosso organismo entende que está sendo privado de combustível e cria mecanismos para economizar energia, reduzindo a velocidade do metabolismo e diminuindo o gasto energético do organismo. Essas adaptações geram perda de massa muscular e acúmulo de gordura.


Outro ponto importante é a alimentação antes de realizar exercícios. Quando estamos em jejum e realizamos uma atividade física, nosso organismo precisa buscar energia de algum local do corpo, pensamos que a gordura será a primeira alternativa do organismo, mas é aí que nos enganamos, a primeira via de energia é a glicose armazenada nos músculos na forma de glicogênio muscular e temos uma reserva no fígado. Após a utilização desse glicogênio, a segunda alternativa mais rápida são os aminoácidos presente nos músculos, por isso ocorre o catabolismo muscular, para recrutar energia para realizar os exercícios.


Portanto, a literatura científica recomenda fracionar as refeições em pequenas porções ao longo do dia, mantendo o organismo alimentado, fazendo ele entender que não precisa reduzir a velocidade do metabolismo e o gasto energético, promovendo a utilização de gordura como fonte de energia.


Antonio Carlos - Nutricionista CRN - 36627

4 visualizações
VOLTAR AO TOPO

© 2020 por Simoni Sayuri Serikawa - Wix.com