CONHEÇA O BURPEE



Você sabe de onde vem o nome do exercício Burpee?

Você sabe executar o Burpee e variações corretamente?

Quantas calorias o Burpee gasta? Muito? Pouco?


Podemos ficar por horas discutindo sobre este exercício, desde a aplicabilidade dele em um teste de aptidão física (TAF), como exercício em um programa de treinamento. Porém vamos responder à estas 3 perguntinhas básicas.


O exercício foi nomeado na década de 1930 pelo fisiologista estadunidense Royal H. Burpee, que desenvolveu o Teste de Burpee e a partir daí vieram outras variáveis para diferentes avaliações motoras e fisiológicas


10 s Burpee Test - o teste Burpee original que é usado no McCloy Physical Fitness Test (Mc Cloy and Young, 1954),


20 s Burpee Test - usado no teste de aptidão física para avaliação de saúde (Podstawski et al., 2016a),


30 s Burpee Test - usado por Denisiuk (Podstawski et al., 2016a) no teste motor de aptidão física feminino, e por Sakamaki (1983).


60 s Burpee Test - usado por Denisiuk (Podstawski et al., 2016a) no teste motor de aptidão física masculino,


Teste Burpee de 3 minutos - usado para avaliar alunos do ensino fundamental, universitários e professores de educação infantil (Podstawski et al., 2013, 2014, 2015).


No Brasil, em especial em clubes de atletismo e nas forças armadas este teste físico é chamado de meio sugado (ou sugado quando ocorre o movimento com a flexão de braço e sugado completo quando ocorre além da flexão, um salto).


Dependendo da variação pode-se trabalhar diferentes capacidades físicas e foco em diferentes grupos musculares, como resistência anaeróbia lática, potência de membros inferiores ou potência de membros superiores. Mas isso depende da execução correta, ou seja, muito provavelmente se você estiver apostando uma "corrida" de sugados, provavelmente a técnica do exercício não estará sendo respeitada e consequentemente você estará apenas se cansando ao invés de aplicar os devidos estímulos para o desenvolvimento motor e fisiológico, além de consequentemente ter um gasto calórico aquém do esperado.


Mas afinal, o Burpee ou o sugado gastam muitas calorias?


R: DEPENDE DA INTENSIDADE e não do exercício!


Cada 2 ciclos por minuto de movimentos correspondem a 1MET (MET ou equivalente metabólico é a unidade que utilizamos para quantificar a intensidade da atividade física realizada. Um MET equivale ao número de calorias que um corpo consome enquanto está em repouso)


Logo se você fizer 20 ciclos por minuto, o seu metabolismo vai funcionar cerca de 10x mais rápido (10 METs), ou o equivalente a correr a 10km/h durante o mesmo período de tempo. Então quanto mais rápido melhor? Não!

Em primeiro lugar deve-se respeitar a biomecânica do movimento.

Em segundo lugar, deve-se saber a intensidade que o aluno precisa trabalhar. Se o VO2máx de um aluno (VO2 máx é o consumo máximo de oxigênio que representa a capacidade aeróbia máxima) for de 8, 9 METs, esse indivíduo deve trabalhar na mesma frequencia de movimentos de um aluno com capacidade de 11 METs? Como fica também a capacidade de produzir força de cada um neste exercício?




Por isso, treinamento não é receita de bolo! Treine com um professor de Educação Física especialista na área do treinamento oferecido e este deve ser sempre individualizado!


https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6815084/


Professor: Prof. Esp. Ramon de Almeida Beirão

CREF: CREF 075037-G/SP

10 visualizações
VOLTAR AO TOPO

© 2020 por Simoni Sayuri Serikawa - Wix.com