Você conhece o termo "MASKNE"?



Com a pandemia surgiu um novo termo para uma determinada alteração da pele: MASKNE.


Nada mais é que o aumento da acne/espinhas na região coberta pelas máscaras de proteção.


Além das mudanças dos hábitos alimentares que podem propiciar o aumento da oleosidade na pele (ingestão de alimentos mais gordurosos), temos também o aumento da oleosidade na região em que a máscara recobre o rosto, região do queixo, nariz e bochechas.


O uso da máscara propicia um aumento de calor e atrito na região, resultando quase sempre no aumento da oleosidade e consequentemente em acne.


Para evitar esse acometimento use materiais mais leves nas máscaras como algodão. Evite tecidos sintéticos. Máscaras cirúrgicas também são bem vindas.


Redobre os cuidados com a pele também. Uma pele hidratada e protegida do sol tem menos chances de desenvolver a Maskne.


Limpe, tonifique, hidrate e proteja sua pele diariamente. Você pode também esfoliar a pele duas vezes por semana para manter a textura da pele macia.


Cuide -se! Use sempre a máscara de proteção! Cuide da sua pele também!



Escrito por Daniele Coatrini

Fisioterapeuta Dermato-Funcional


8 visualizações
VOLTAR AO TOPO

© 2020 por Simoni Sayuri Serikawa - Wix.com