• drioliveira1902

_





Você sabia que a prática regular de atividade física é capaz de promover além dos benefícios físicos, uma melhora na condição psicológica, cognitiva, na concentração e contribui para o tratamento do quadro de ansiedade e depressão?


Por muito tempo aprendemos que a atividade física seria feita como uma obrigação, para cumprir o “tá pago” de cada dia, mas após muitos anos de estudos científicos abordando as vantagens da prática regular de atividade física, ficou evidente de que o exercício é um excelente aliado na prevenção de doenças neurológicas e possíveis distúrbios de ansiedade.


“Segundo os dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) o Brasil está sofrendo uma epidemia de ansiedade; De acordo com o órgão, o país tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: cerca de 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) que convivem com o transtorno”.


Estar ansioso atualmente é quase que uma característica cotidiana, porém não é normal se sentir assim! Antes mesmo de tentar encontrar um remédio na farmácia que possa ajudar a sanar essa sensação de angústia e mal estar podemos recorrer ao exercício físico para sair dessa situação tão perigosa para a saúde.


E como o exercício contribui para reduzir a ansiedade?


Para responder este questionamento vamos recorrer à ciência!!


A prática regular de exercícios físicos pode produzir efeitos antidepressivos e ansiolíticos e proteger o organismo das sequelas prejudiciais do estresse na saúde física e mental. Muitos autores buscam entender como o corpo responde à prática de uma atividade física e como o exercício contribui para todos os benefícios gerados.


“Segundo o estudo de Godoy et al 2002, essa contribuição pode ser fundamentada pela explicação dos mecanismos fisiológicos e bioquímicos que ocorrem no nosso corpo e são fundamentados pelas seguintes hipóteses: 

- Hipótese do aumento da aptidão cardiovascular. O efeito antidepressivo do exercício poderia ser mediado pelo nível de preparo cardiovascular (aeróbio); Esse efeito iniciam-se nas primeiras semanas de tratamento.

- Hipótese das Aminas: Produção de  três neurotransmissores que explicam o efeito antidepressivo do exercício, são eles: serotonina, dopamina e norepinefrina. Algumas evidências indicam que indivíduos deprimidos apresentam um decréscimo na produção dessas substâncias. O exercício teria o poder de estimular o aumento da produção desses neurotransmissores.

-Hipótese das Endorfinas. As endorfinas são substâncias produzidas no organismo principalmente no período pós exercício e possuem qualidades capazes de reduzir a dor e produzir um estado de euforia e sensação de prazer." (1)

“De acordo a equipe do Departamento de Fisiologia e Farmacologia da Universidade de Estocolmo , músculos bem treinados têm níveis mais elevados de uma enzima que ajuda a metabolizar uma substância química do estresse chamada quinurenina. 
A quinurenina e seus metabólitos participam de funções biológicas essenciais à sobrevivência, como e a organização da resposta imunológica. A descoberta sugere que exercitar seus músculos realmente ajuda a livrar o corpo de produtos químicos resultantes do estresse que podem levar ao aumento da ansiedade e  depressão” (2)


Fica muito mais fácil compreender todos os benefícios que a atividade física proporciona ao nosso corpo depois de entender teoricamente como nosso corpo responde ao exercício!!!


Então não deixe para a segunda-feira e comece agora a buscar uma atividade que te faça bem!

Vá aos poucos: pode ser com caminhadas leves, levar o cachorro para passear, se inscrever na academia do bairro, fazer danças com vídeos pela internet...qualquer que seja o exercício físico, o importante é que você encontre algo que te dê prazer de fazer e que não soe como uma obrigação!


Quando você passar a tomar cápsulas de exercício físico todos os dias descobrirá a receita perfeita para seu bem estar físico e mental, encontrando assim a harmonia entre seu corpo e sua mente.


Experimente!!!! A sensação de bem estar é indescritível.







Escrito por Adriele de Oliveira.





ARTIGOS



1-Godoy, Rossane Frizzo de Benefícios do Exercício Físico sobre a Área Emocional Movimento, vol. 8, núm. 2, mayo-agosto, 2002, pp. 7-15


2-Valente-Silva P, Ruas JL. Tryptophan-Kynurenine Metabolites in Exercise and Mental Health. PMID: 31314466.




6 visualizações
VOLTAR AO TOPO

© 2020 por Simoni Sayuri Serikawa - Wix.com